domingo, 31 de março de 2013

Amor






"O amor é alquímico. Se você se amar, a sua parte feia desaparecerá, será absorvida, será transformada.
A energia é liberada daquela forma. Todas as coisas que são chamadas de pecado simplesmente desaparecem. Ame-se. Esse deveria ser o mandamento fundamental. Ame-se. Tudo o mais se seguirá, mas esse é o alicerce."

(Mestre Osho)

O Amor Tântrico




O sexo é energia inocente. Vida fluindo em você  Permita que ela se mova em direção às alturas, ou seja, o sexo deve se tornar amor. Qual é a diferença? Quando sua mente é sexual, você está explorando o outro. O outro é apenas um instrumento para ser usado e jogado fora. Quando o sexo se torna amor, o outro não é um instrumento. 

No amor, ambos se tornam unidos em uma profunda experiência, não o explorador e o explorado. Vocês estão se ajudando mutuamente a se moverem para dentro de um mundo diferente de amor. Sexo é exploração. Amor é mover-se juntos para dentro de um mundo diferente.

Se esse mover-se não for momentâneo e se esse amor tornar-se meditativo, isto é, se você puder se esquecer de si mesmo completamente e se o amante ou a amada desaparecerem, e houver apenas o amor fluindo, então diz Shiva, a vida eterna é sua. 


O Tantra significa isto: transformação do amor em meditação. E agora você pode entender porque o Tantra fala tanto sobre o amor e o sexo. Por que? Porque o amor é a porta natural mais fácil a partir da qual você pode transcender este mundo, esta dimensão horizontal.

O sexo não deve permanecer sexo - este é o ensinamento do Tantra, ele deve ser transformado em amor. E o amor também não deve permanecer amor, e sim ser transformado em luz, na experiência meditativa, no último e supremo cume místico. Como transformar o amor? Seja o ato e se esqueça do ator. Ao amar, seja o amor - o simples amor. Então, não é o seu amor, o meu amor ou o amor de alguém mais. Ele é o simples amor. Quando você não está ali, então está nas mãos da fonte, da corrente suprema, então você está no amor. Não é você que está no amor; então o amor o tragou, você desapareceu e se tornou apenas uma energia fluindo.

(Mestre Osho)

sexta-feira, 22 de março de 2013

Perdão



Da perspectiva do Amor e do Espírito, perdoar é a disposição de abrir mão de mágoas do passado. É a decisão de não sofrer mais, de curar o coração e o espírito. É a escolha de não dar mais valor ao ódio e à raiva. E é renunciar ao desejo de magoar os outros ou a nós mesmos por algo que já pertence ao passado. É a disposição de abrir os olhos para a luz que existe nas outras pessoas, em vez de julgá-las ou condená-las.
Perdoar é sentir a compaixão, o amor, a ternura e o carinho que sempre estiveram em nosso coração, não importa como o mundo possa parecer no momento. Perdoar é o caminho para um lugar interior de paz e felicidade, o caminho que nos leva ao nosso espírito. Esse espaço de paz está sempre disponível para nós, sempre pronto para nos receber.

 Do livro Perdão: A cura para todos os males  (Dr. Gerald G. Jampolsky)

quarta-feira, 20 de março de 2013

Yoga na Terceira Idade



Durante dois anos ministrei aulas de Yoga para esta querida turma da terceira idade. Muitos relatos sobre curas de depressão e dores nas costas, insônia, melhoras na fase de menopausa, hipertensão, artrites e artroses, dores de cabeça e uma delas conseguiu se curar de um câncer gravíssimo com o auxilio das práticas de Yoga. Todas alunas  conseguiram melhoras perceptíveis na flexibilidade corporal pois a maioria não conseguia alcançar os pés com as mãos no primeiro mês de prática,e hoje, fazem perfeitamente bem 100% dos asanas.

A prática do Yoga alinha saúde na mente e no corpo, fazendo com que bloqueios emocionais sejam desfeitos, um grande autodomínio seja alcançado fazendo-nos ter cada vez mais discernimento da realidade que nos cerca. Trabalha nossa força interior dando-nos a possibilidade de cortar vínculos nocivos e situações de vida que deixa-nos vulneráveis, devido a um condicionamento social e um modo de vida que por vezes tivemos no passado e que até então, achávamos que este hábito era saudável.

O sagrado Yoga nos auxilia a remover nossas ''couraças'' emocionais que muitas vezes se manifestam no corpo físico em forma de doenças, e  permite-nos conhecer nossa verdadeira essência que é a paz profunda e equilíbrio.

Com um maior discernimento, praticamos cada vez mais o silêncio e essa paz profunda que sentimos, altera qualquer local em que estamos pois, tudo ao nosso redor é reflexo do que sentimos. Com este autodomínio, podemos estar em lugares de vibração densa que mesmo assim, permaneceremos em nosso estado de paz inabalável.

Quanto mais consciência corporal, mais consciência evolutiva para cortar de nossas vidas todos os vínculos e hábitos nocivos contrários a evolução espiritual.

Yoga é o caminho do guerreiro. Guerreiros da paz, pois sabemos que a paz no mundo sempre começará dentro de cada um de nós, com o silenciar do falatório mental que muitas pessoas nem percebem ter, e isto é o motivo do desgaste físico e mental, a maneira que perdemos energia sem perceber.

Yoga é união, INTEGRAÇÃO dos nossos sentimentos, pensamentos e ações, união da mente, corpo e alma. 


Gratidão ao universo por ser um instrumento desta ferramenta sagrada e ter tido esta experiência inesquecível! Namastê! _/\_

terça-feira, 5 de março de 2013

Momento planetário atual...APRENDIZADO!



Uma das ferramentas que trabalho no caminho da espiritualidade, é o Tarot. De umas semanas pra cá, venho percebendo que um arcano está aparecendo em praticamente TODAS as consultas que atendo.

A TORRE, tem o principal significado de rompimento das formas aprisionadoras, liberação para um novo início e desafios dos momentos de transição. A Destruição de tudo o que é rigido é extremamente necessário para que possamos dar  abertura ao nosso espírito pois, o que a nossa cabeça (mente) pensa que é o caminho certo para nós, nem sempre é o  que o nosso coração busca como fonte de evolução.

Aceitar que desmorone todos os nossos conceitos e pré-conceitos do que achamos certo ou errado, nos enxergar como aprendizes nesta vida, não agrada em nada o nosso EGO. O ego vive de querer causar boas impressões, mesmo que isso vá contra nosso sentimento mais íntimo pois o coração sabe o que é preciso para viver em paz e harmonia, mesmo que esta sabedoria vá contra todas as ambições do ego, daí surge a briga interna e toda rigidez em aceitar fluir com  a vida na simplicidade.

O momento planetário atual está praticamente nos obrigando a mudar, a sair da zona de conforto, a EVOLUIR...largar relacionamentos e caminhos desgastantes, tudo o que nos aprisionava, relações onde haviam submissão, falta de valorização pessoal ou seja, tudo o que tirava a liberdade de sermos livres realmente,este é o momento...a liberdade do espirito é a integração, é sair da dualidade, é ser livre, sem amarras no passado.

Este é um momento onde estamos sendo obrigados a encarar a nossa sombra e a integrar todos os aspectos que antes ignorávamos em nós, mas que sempre vimos GRANDIOSAMENTE nos outros... os outros são nosso espelho, daquilo que não vemos em nós.
Isto não é fácil, exige muita reflexão e meditação. Todo este processo de cura é o resultado que vemos neste arcano da TORRE. Sair da ilusão que insistimos em vivenciar devido a falta de discernimento do que o coração sempre mostrou como caminho.

Não precisamos projetar nossas carências e ideais em ninguém pois, tudo o que precisamos para encontrar a verdadeira paz espiritual, está dentro de nós mesmos e ninguém pode nos dar isso.

Quando a critica diminui o amor aumenta...parar, refletir onde estamos obrigando nossa essência a ir contra o que diz nosso coração, observar a mente, o ego que vive apenas para impressionar aos outros, é o recado maior deste arcano. O verdadeiro trabalho espiritual é interno, começa e termina em nós para só então refletir nos que estão a nossa volta.

Um ciclo de transformações está no ar! tudo para percebermos nossa força no caminho da autotransformação! Só o AMOR é real...
Namastê!